COMPROMISSO COM A EXCELÊNCIA MÉDICA
Jilvan Pinto*

No domingo, dia 1/10, o Conselho Regional de Medicina de Sergipe (Cremese) realizou a posse solene dos 40 novos conselheiros da autarquia, entre 20 titulares e 20 suplentes, que assumem a responsabilidade de conduzir as atividades da instituição até 2028. Desse total, 30 colegas nunca haviam exercido a função e, para nosso orgulho, 18 são mulheres médicas, uma das mais altas taxas do Brasil. Elas, aliás, são maioria na Diretoria Executiva, eleita após a posse.

Com grande honra, fui reconduzido para liderar o conselho com a missão de, juntos, como um time azeitado, fortalecer a medicina em nosso estado. Também foram eleitos a vice-presidente, Dra. Ana Jovina Barreto Bispo, a primeira-secretária, Dra. Andreia Diniz Franco Maciel Silva, o segundo-secretário, Dr. José Hamilton Maciel Silva Filho, a primeira tesoureira, Dra. Vanessa Batista Rasia Pruss, e o segundo tesoureiro, Dr. Marcelo de Oliveira Ribeiro Paixão.

Ao longo do último período de gestão, iniciado em outubro de 2018, nossa missão envolveu a luta incessante por melhores condições de trabalho para a classe médica, contribuindo, assim, para o bem-estar da população. A gestão que se encerra foi marcada por transparência e ética em todas as ações empreendidas, na busca de soluções e da construção de um futuro promissor para a medicina. Neste novo período que ora se inicia, reafirmamos esses compromissos.

É essencial lembrar que a classe médica atravessa neste instante profunda pressão diante de problemas verificados em setores da rede pública, o que gera descontentamento da população e aumenta a carga de trabalho dos profissionais. Torna-se ainda mais crucial, portanto, cumprir integralmente as atribuições do conselho, servindo de elo entre a sociedade e a prática médica. A fiscalização independente e atuante é pilar essencial ao exercício pleno da profissão.

Cientes da árdua jornada que nos aguarda, não hesitaremos em exigir – como, aliás, sempre fizemos – condições adequadas para a atuação médica, incluindo segurança, fornecimento de medicamentos, procedimentos e todos os recursos necessários para oferecer atendimento digno à população. O Conselho Regional de Medicina é, acima de tudo, um organismo de defesa da sociedade, sem que isso o afaste da classe médica. Devemos proteger os médicos de más condições de trabalho, mas também defender a sociedade contra situações que possam colocá-la em risco.

Ao cumprir nossa missão, garantimos o pleno direito à cidadania a milhares de sergipanos, conforme estabelecido na Constituição Federal, e damos continuidade ao legado deixado pelos profissionais que, há décadas, se dedicaram para estabelecer e fortalecer o Cremese. Que esta nova gestão seja marcada pelo compromisso com a ética, a independência e a excelência médica, em benefício da classe e da população.

(*) É médico gastroenterologista, presidente do Cremese.

Artigo publicado originalmente no Jornal da Cidade, em 4/10/2023.

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.