O presidente do Conselho Regional de Medicina (CREMESE), Dr.Jilvan Pinto Monteiro, participou na manhã dessa segunda-feira, 13/04, de uma reunião com o prefeito Edvaldo Nogueira e representantes das entidades médicas. Durante o encontro foram discutidas as ações de combate ao coronavírus em Aracaju e avaliados os impactos das medidas de isolamento social na contenção do avanço do vírus na cidade.

De acordo com o presidente do CREMESE, foram ressaltadas as atividades da Prefeitura para reservar leitos que possam atender casos de leve intensidade, como o hospital de campanha que será feito no campo de futebol do Sergipe. “Também colocamos em discussão as atividades de regulação de fluxo, que também dependem do estado e, por isso, haverá uma reunião para definir essa questão. A preocupação ainda persiste na retaguarda de leitos de terapia intensiva”, destacou.

Na oportunidade, Dr. Jilvan P. Monteiro, também colocou em discussão qual seria a estratégia e o momento adequado para começar a permitir o acesso às pessoas ao trabalho. “Seria uma programação de acordo com a capacidade do número de leitos para atender essa população se forem contaminadas”, declarou o presidente que também questionou sobre o uso da hidroxicloroquina, que está sendo feito em outros hospitais e se poderia entrar na rotina de protocolo da prefeitura selecionando os pacientes.

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.