Rede dos Conselhos de Medicina
CREMESE participa de audiência para tratar da contratação de psiquiatras pelo município de Aracaju

Nessa terça-feira, 21/01, o Conselho Regional de Medicina do Estado Sergipe (CREMESE) representado pelo conselheiro Gustavo Moura, participou de uma audiência na Promotoria de Justiça do Direitos do Cidadão (Saúde) do Ministério Público Estadual (MPE) para tratar sobre a carência de médicos psiquiatras no âmbito da Rede de Atenção Psicossocial do município de Aracaju.

A audiência foi intermediada pelo promotor de justiça, Manoel Cabral Machado Neto, que convocou a reunião com representantes da Secretaria de Saúde do Município, da Associação Sergipana de Psiquiatria, Hospital Cirurgia e CREMESE, para tentar solucionar o problema relativo à contratação de psiquiatras pela gestão municipal.

Já que a falta de profissional especializado tem prejudicado o atendimento nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) da capital sergipana e também sobrecarregado os demais profissionais que trabalham da Rede.

O descontentamento dos trabalhadores gerou um abaixo assinado que culminou em uma Ação Civil Pública (ACP) ajuizada no MPE. Após discussões entre os profissionais e a impossibilidade da realização de um concurso para suprir a demanda, o conselheiro do CREMESE sugeriu a contratação através de Processo Seletivo Simplificado (PSS), levando em consideração o preço de mercado pago a esse tipo de profissional.Considerando que o modelo de contratação oferecido atualmente pelo município de Aracaju não tem atraído o interesse dos profissionais especializados na área.

O procurador do município comprometeu-se a encaminhar para Secretaria de Saúde do Município a proposta ofertada pelo CREMESE. A Secretaria terá o prazo de 20 dias para se manifestar acerca da proposta apresentada.

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner